Horário: Seg a Sex - 08:00 às 19:00 / Sab - 08:00 às 12:00


  Contato : (61) 3263-0833 / (61) 3263-0834 / (61) 99257-6671

Cirurgia de unha encravada (Onicocriptose)

A unha encravada ocorre por predisposição genética individual, sendo acentuada pelo uso de sapatos apertados e pelo corte incorreto do canto das unhas em diagonal, propiciando que a parte lateral da unha cresça para dentro da pele da dobra ungueal lateral. Atualmente, duas técnicas principais são utilizadas para a cirurgia ungueal, ambas realizadas com anestesia local:

Fenolização da matriz ungueal: Nessa técnica, a lâmina ungueal lateral é retirada, procedendo-se a curetagem da região da matriz ungueal correspondente, seguindo-se a cauterização química da mesma, de forma a evitar o crescimento da parte lateral da lâmina ungueal responsável pelo encravamento da unha. Nessa técnica não é necessária sutura (pontos), ocorrendo um moderado processo inflamatório na região lateral e proximal da unha, que regride em um período de uma a duas semanas. No pós operatório são utilizados analgésicos e anti-inflamatórios. Esta é a técnica mais utilizada atualmente devido a sua praticidade. Eventualmente recidivas podem ocorrer, sendo necessário um segundo procedimento ou a realização da técnica de exérese em L com sutura.

Excisão cirúrgica da matriz ungueal em L, com sutura: Neste método procede-se à retirada cirúrgica em L da dobra ungueal lateral até a matriz ungueal proximal, em formato de L, de forma a se visualizar e retirar toda a área afetada pelo encravamento. Segue-se a sutura da área com reconstrução da ferida. Essa técnica é indicada para casos extensos e também para casos recidivados com outros métodos. Os pontos são retirados após 10 dias. Normalmente o paciente vai conseguir utilizar sapatos fechados após um período de duas semanas.