Horário: Seg a Sex - 08:00 às 19:00 / Sab - 08:00 às 12:00


  Contato : (61) 3263-0833 / (61) 3263-0834 / (61) 99257-6671

Homens são adeptos pela depilação a laser, visando mais conforto e menos dor

Depilação de barba, tórax e abdômen é a preferencia dos homens

Quando se fala em comodidade na depilação, o que passa pela cabeça é a depilação a laser, que é menos dolorida do que a cera, provoca menos irritação e ainda beneficia a pele, evitando a formação de foliculite e outras alergias. Com todos esses benefícios, os homens estão cada vez mais procurando esse tipo de procedimento. Ao realizar as sessões a laser, os pelos da barba diminuem de forma significativa, proporcionando conforto em não precisar mais realizar o ato de fazê-la diariamente ou dia sim dia não.

Para o médico dermatologista Dr. Luciano Morgado, com o envelhecimento, os pelos vão ficando brancos. Então, realizando as sessões antes disso ocorrer, não haverá o dissabor de possuir pelos brancos na barba. “É importante fazer o tratamento antes dos pelos brancos aparecerem, uma vez que os lasers não conseguem eliminar os pelos brancos”, orienta o especialista.

As sessões devem respeitar o período de 30 dias de intervalo entre um procedimento e outro, ou em casos específicos quando os pelos começarem a aparecer, pois é nesse momento que o laser é mais eficaz, conseguindo atingir com mais habilidade os bulbos capilares. “Pessoas que têm tendência a foliculite já começam a apresentar melhora dos sintomas nas primeiras sessões, com resultados duradouros, o que é muito mais confortável que fazer uso diário de medicações e ingerir antibióticos para controlá-la. Outras vantagens são dispensar o barbear diário e eliminar os pelos antes que eles se tornem brancos”, observa Luciano Morgado.

A quantidade de sessões necessárias para eliminar o pelo de forma definitiva depende de cada pessoa. Mas o especialista da Clínica Monte Parnaso explica que, em média são realizadas entre 6 a 10 sessões. Ele ressalta que, após isso, sessões de manutenção são realizadas esporadicamente apenas quando surgirem alguns pelos. Em algumas pessoas estas sessões de manutenção podem não ser necessárias. “Para realizar as sessões, é importante que os pelos não sejam arrancados pela raiz, senão o laser não consegue atingi-los. A pele não pode estar bronzeada durante as sessões, uma vez que isso aumenta o risco de manchas com a aplicação”, completa o médico.

Os pelos devem ser raspados um dia antes da sessão, uma vez que também não podem estar muito longos para fora da pele, pois isso aumenta o risco de queimar a pele durante a sessão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *