Horário: Seg a Sex - 08:00 às 19:00 / Sab - 08:00 às 12:00


  Contato : (61) 3263-0833 / (61) 3263-0834 / (61) 99257-6671

Depilação a laser – Fotona Dynamis – Scanner Robotics

O que é a depilação a laser

Depilação a laser é uma técnica de remoção progressiva dos pelos feita através da energia luminosa do laser. Os primeiros aparelhos para a remoção de pelos a laser surgiram na década de 1970, mas esta tecnologia foi, a princípio, ineficaz, muito dolorosa e limitada. Porém, na década e 80, como o surgimento do conceito de fototermólise seletiva (utilizado na depilação a laser), revolucionou-se o princípio físico do mecanismo do laser, levando a uma maior eficácia. Hoje existem diferentes tipos de laser capazes de promover a depilação progressiva. 

A técnica também é comumente chamada de depilação definitiva, no entanto, este nome é incorreto, pois a depilação não garante que todos os pelos não voltem a crescer. O melhor termo a usar é depilação de longo prazo.

A depilação a laser pode ser feita por qualquer pessoa que se incomode com seus pelos ou com os outros métodos de depilação, com a cera e a lâmina. Há indicações especiais para casos de pseudofoliculite (pelos encravados) tanto em virilha, que acaba manchando a região, quanto rosto (barba), pernas ou qualquer outra região do corpo.

De uma forma geral, peles brancas com pelos grossos e escuros respondem melhor à depilação a laser, mas isso não quer dizer que quem não se enquadra nestas características não pode fazer depilação a laser. Com o passar dos anos novas tecnologias foram criadas, podendo o procedimento ser realizado em peles morenas, embora com maior cautela. Os lasers mais utilizados para depilação são o Alexandrite, Diodo e ND YAG com pulso longo (Fotona).  A exceção para esse tratamento é para quem tem pelos, brancos, ruivos e loiros - como a quantidade melanina é pequena, ainda não há boa resposta ao tratamento para estes casos. Pelos faciais com maios estímulo hormonal podem ser mais resistentes ao tratamento.

Ao ser disparado o pulso de laser sobre a região afetada, ocorre a absorção dos fótons de energia pela melanina. O calor absorvido é liberado pelo bulbo e pela haste do pelo, causando uma destruição térmica das estruturas do pelo.

O Procedimento

Previamente ao procedimento é aplicado uma pomada ou gel anestésico na região a ser tratada por 30 minutos. Em seguida, o anestésico é removido, iniciando-se a aplicação com o acoplamento da ponteira na pele, seguindo-se do disparo. O laser Fotona dynamics apresenta além das ponteiras R33 e R34 o Scanner robotics, que permitem a depilação com eficácia e velocidade em diferentes áreas corporais.

Associadamente ao Laser Fotona, utilizamos um gás de resfriamento que diminui o desconforto e aumenta a segurança do tratamento. Há um leve desconforto durante a aplicação, mas bastante suportável. Logo após a aplicação, a pele fica um pouco vermelha e inchada, sendo benéfico o uso de compressas geladas e de uma pomada de corticoide tópico. 

Os pelos começam a cair em torno de duas semanas após a aplicação. Novas sessões podem ser realizadas entre 30 e 40 dias, assim que novos pelos estiverem surgindo. Não adianta fazer antes do surgimento dos pelos, uma vez que os lasers só são capazes de tratar os pelos na sua fase anágena, ou de crescimento.

Habitualmente são realizadas entre 06 e 10 sessões para que a diminuição dos pelos na região seja efetiva. Os pelos devem estar apenas 1 a 2mm para fora da pele no momento da aplicação, uma vez que pelos mais longos podem atrair a energia e queimar secundariamente a pele. Não se deve também arrancar os pelos pela raiz próximo das sessões, senão o laser não será capaz de atingir o seu bulbo e destruí-los. Eles devem ser apenas raspados ou cortados próximo à sessão.