Horário: Seg a Sex - 08:00 às 19:00 / Sab - 08:00 as 12:00


  Contato : (61) 3263-0833 / (61) 3263-0834 / (61) 98197-0010

Tricologia / Tratamentos Capilares

A tricologia, do grego τριχός, thricos, "cabelo"; e λογία, logia) é o ramo da dermatologia que estuda os pelos ou cabelos.

Na investigação de um caso de queda de cabelo, o Dermatologista Tricologista realiza uma entrevista clínica completa com o paciente, abordando diversas possibilidades de causas de queda de cabelo, como: fatores genéticos, distúrbios hormonais, deficiência de ferro e minerais, uso de medicamentos, pós-operatório, doenças auto-imunes, regimes alimentares, uso de tração e química no couro cabeludo. Isso irá nortear quais exames laboratoriais serão solicitados durante a investigação.

Além disso, um exame dermatológico clínico do couro cabeludo pode evidenciar sinais importantes de diversos casos de queda de cabelo, como as alopecias cicatriciais, alopecia areata e alopecia androgenética.

Por fim, um exame complementar importante, que pode ajudar tanto na complementação diagnóstica quanto no acompanhamento das causas de queda de cabelo é a Dermatoscopia do couro cabeludo com o Tricograma Digital – Trichoscale.

Dermatoscopia de couro cabeludo

Na dermatoscopia do couro cabeludo, com aparelhos de aumento entre 20 e 70 x, como o Fotofinder, o Dermatologista consegue observar detalhes e vários sinais no couro cabeludo que permitem corroborar ou excluir vários diagnósticos de queda de cabelo. Podem ser observados detalhes como a miniaturização folicular, pontos amarelos, cabelos em ponto de exclamação, cabelos em vírgulas, áreas cicatriciais, vascularização anômala, área cinzenta perifolicular, cabelos fraturados, entre outros.

Estes sinais dermatoscópicos são importantes para confirmar ou excluir diagnósticos como a alopecia androgenética, alopecia cicatricial, alopecia areata e tricotilomania.

Além disso, pode ser observada a haste capilar em maior detalhe, permitindo identificar danos provocados por fatores externos, como escovas e agentes químicos, além de identificar alguns defeitos de haste congênitos.

 TRICOGRAMA DIGITAL – TRICHOSCALE - FOTOFINDER

Por meio do equipamento Fotofinder e seu moderno software Trichoscale, é possível realizar exames detalhados do couro cabeludo, através da dermatoscopia digital, em imagens ampliadas de 20x a 70x. Além disso, o equipamento permite a execução do tricograma digital, com quantificação precisa dos fios anágenos, telógenos, velus e densidade capilar por centímetro quadrado. 

Em muitas causas de queda de cabelo, como no pós parto, na vigência de stress ou em distúrbios nutricionais e hormonais, ocorre uma queda de cabelo chamada de eflúvio telógeno. No couro cabeludo normal, temos entre 10 a 20% de cabelos em fase telógena, ou de queda; e cerda de 80 a 90% na fase anágena, ou de crescimento. Somente com a realização do tricograma podemos quantificar com exatidão o percentual de anágenos e telógenos em cada couro cabeludo, orientando assim de forma mais precisa o diagnóstico em muitos casos. Anteriormente o tricograma só podia ser realizado arrancando-se os fios para análise. Mas hoje, graças ao software avançado do Fotofinder – Trichoscale, o exame pode ser realizado apenas raspando-se uma pequena área de 1 cm2 no couro cabeludo, fazendo-se a captura da imagem com quantificação 48 horas depois.

Assim, o tricograma digital auxilia o Dermatologista Tricologista a confirmar ou excluir a presença do eflúvio telógeno, além de fornecer informações importantes de densidade capilar e quantificação de fios velus, que permitem comparação futura pós-tratamento, já que as imagens são catalogadas pelo equipamento.

Principais tratamentos capilares: