Cirurgia de unha encravada (Onicocriptose)

A unha encravada ocorre por predisposição genética individual, sendo acentuada pelo uso de sapatos apertados e pelo corte incorreto do canto das unhas em diagonal, propiciando que a parte lateral da unha cresça para dentro da pele da dobra ungueal lateral. Atualmente, duas técnicas principais são utilizadas para a cirurgia ungueal, ambas realizadas com anestesia local:

Fenolização da matriz ungueal: Nessa técnica, a lâmina ungueal lateral é retirada, procedendo-se a curetagem da região da matriz ungueal correspondente, seguindo-se a cauterização química da mesma, de forma a evitar o crescimento da parte lateral da lâmina ungueal responsável pelo encravamento da unha. Nessa técnica não é necessária sutura (pontos), ocorrendo um moderado processo inflamatório na região lateral e proximal da unha, que regride em um período de uma a duas semanas. No pós operatório são utilizados analgésicos e anti-inflamatórios. Esta é a técnica mais utilizada atualmente devido a sua praticidade. Eventualmente recidivas podem ocorrer, sendo necessário um segundo procedimento ou a realização da técnica de exérese em L com sutura.

Excisão cirúrgica da matriz ungueal em L, com sutura: Neste método procede-se à retirada cirúrgica em L da dobra ungueal lateral até a matriz ungueal proximal, em formato de L, de forma a se visualizar e retirar toda a área afetada pelo encravamento. Segue-se a sutura da área com reconstrução da ferida. Essa técnica é indicada para casos extensos e também para casos recidivados com outros métodos. Os pontos são retirados após 10 dias. Normalmente o paciente vai conseguir utilizar sapatos fechados após um período de duas semanas.

Open chat
DRA. JÚLIA KIPPERT

- Título de especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia;

- Membro efetivo titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia - SBD;

- Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica – SBCD;

- Graduada em Medicina pela Universidade Federal de Rondônia – UNIR;

- Residência Médica em Dermatologia na Universidade Estadual de Londrina - UEL;

- Especialização em Cosmiatria Dra. Bruna Bravo no Rio de Janeiro;

- Fellow em Beleza Funcional;

- Pós-graduanda em tricoses e onicoses (cabelo e unha).

DRA. BRUNA CÔRTES

Graduação em Medicina na Universidade de Brasília.

Residência médica em Dermatologia no Hospital Universitário de Brasília.

Especialista em Radioeletrocirurgia e Indução percutânea de Colágeno com Agulhas.

Especialista em Dermatoscopia Avançada e Dermatopatologia.

DRA. TAINAH DE ALMEIDA

Graduação na Universidade Católica de Brasília (UCB), Brasília - DF

Residência Médica em Dermatologia no Hospital Regional da Asa norte (HRAN), Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal (SES-DF)

Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e Associação Médica Brasileira (AMB)

DRA. MARIANA QUEIROZ

Residência Médica em Clínica Médica pela Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo - SP

Especialização em Dermatologia pela Universidade Lusíada - Santos - SP ( Credenciada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia - SBD)

Membro Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia