Correção de cicatrizes de acne

As cicatrizes de acne são as marcas elevadas ou deprimidas provocadas pela doença chamada acne, popularmente conhecida como “espinhas”.

A acne é uma doença dos folículos pilosebáceos, muito comum na adolescência. Se não for corretamente tratada, a acne pode evoluir com cicatrizes por toda vida. É uma doença com múltiplas causas: obstruções nos orifícios foliculares, acúmulo de sebo, contaminação por bactérias e fatores hormonais são as principais.

A doença pode provocar cicatrizes muito inestéticas e permanentes, conforme o grau de acometimento, da gravidade, profundidade, extensão e tratamentos incorretos.

Existem vários subtipos de cicatrizes de acne que devem ser avaliados pelo dermatologista antes do tratamento, de forma a se realizar um planejamento terapêutico adequado. Isso é importante em virtude de que cada subtipo de cicatriz pode responder melhor a um determinado tratamento em específico.

Entre os principais tipos de cicatriz de acne podemos citar as manchas pós acne, crateriformes superficiais e profundas, distensíveis, ice peaks, distróficas e elevadas ou queloidianas.

Existem também vários tratamentos que podemos utilizar para a correção das marcas de acne. A escolha e indicação de cada um deles depende de cada caso em particular.  Em uma mesma pessoa, comumente pode ser necessário a realização de mais de um tipo de procedimento para que se alcance o melhor resultado. Dessa forma, o tratamento pode ser mais demorado, pois é comum um procedimento não poder ser realizado concomitante com o outro.

PRINCIPAIS MÉTODOS DE TRATAMENTO

Existem diversos tipos de tratamento, cada cicatriz, cada mancha, cada pele tem um que trará o melhor resultado, assim o dermatologista poderá avaliar aqueles que são os melhores para sua pele individualmente.

– Peelings químicos
– Clareamento com Laser Spectra
– Dermoabrasão
– Preenchimento cutâneo
– Elevação das cicatrizes
– Excisão e sutura simples (retirada cirúrgica das cicatrizes)
– Ressurfacing a laser
– Subcisão
– Microagulhamento profundo – Indução Percutânea de Colágeno (IPCA®)

 

PEELINGS QUÍMICOS NO TRATAMENTO DAS CICATRIZES DE ACNE:

Bons resultados podem ser obtidos com peelings superficiais repetidos e realizados a pequenos intervalos, principalmente para o tratamento de manchas causadas pela acne. Além de clarear as manchas, os peelings melhoram a textura da pele, que fica mais uniforme e melhora o seu aspecto como um todo. Se as cicatrizes forem mais profundas, os peelings médio e profundo podem ser utilizados.

CLAREAMENTO DA PELE COM LASER SPECTRA:

Assim como os peelings químicos superficiais repetidos, alguns casos podem se beneficiar do clareamento com o laser Spectra. Em seu modo de tratamento chamado de Spectra Toning, realiza-se uma varredura da áreas das manchas de espinhas com várias passadas. Isso vai resultar em um clareamento progressivo destas manchas, complementando ou sendo uma alternativa ao uso dos peelings. A vantagem do uso desta técnica é que não ocorre descamação da pele, apenas uma leve vermelhidão, que tende a regredir no mesmo dia do procedimento.

DERMOABRASÃO

A dermoabrasão é um procedimento no qual realiza-se o lixamento da pele até a profundidade desejada. Ela está indicado nos casos em que há presença de cicatrizes deprimidas mais profundas, principalmente aquelas com bordas bem delimitadas. Normalmente procedimento é um pouco doloroso, feito com o uso de anestésico local.

Tem maiores riscos de deixar manchas escuras, principalmente em pessoas de pele morena.

Hoje, com o surgimento de outros métodos como o Laser e o microagulhamento profundo, a dermoabrasão tem sido menos utilizada.

PREENCHIMENTO DE CICATRIZES DE ACNE

Para aquelas cicatrizes deprimidas que desaparecem quando a pele é esticada (as distensíveis), o preenchimento pela técnica de microgotas é uma boa indicação. São injetadas substâncias debaixo da cicatriz, levantando-a. O preenchedor mais utilizado para esta técnica é o ácido hialurônico (que pode durar cerca de 1 ano), devido a sua maior segurança para aplicação superficial. O procedimento é bem tolerado e, pessoas mais sensíveis, podem utilizar um creme anestésico. Mesmo após a reabsorção do preenchedor, os resultados ainda podem permanecer, mesmo que parcialmente, já que habitualmente novo colágeno é também formado na área de aplicação do mesmo.

Em alguns casos com cicatrizes distensíveis um pouco mais profundas, associadas a flacidez na pele, a aplicação de outro produto pode ser especialmente indicada, o preenchimento com Sculptra®. A substância presente no Sculptra®, o ácido poli-l-láctico, é capaz de estimular fortemente novo colágeno na área onde é aplicado, resultando em melhora da aparência geral da pele, atenuando a flacidez e as cicatrizes do local.

ELEVAÇÃO DE CICATRIZES

Técnica indicada para aquelas cicatrizes deprimidas que se parecem com marcas de catapora. Sob anestesia local, utiliza-se um punch dermatológico para cortar a pele da cicatriz em círculo, sem soltá-la dos tecidos mais profundos, elevando-a até ao nível normal da pele e fixando-a com curativo. É possível em alguns casos a pele ficar até mais alta que a pele normal, sendo necessário, posteriormente, realizar uma dermoabrasão na região para igualar a altura.

EXCISÃO E SUTURA CIRÚRGICA DE CICATRIZES

A excisão e sutura de cicatriz só é utilizada em casos mais graves, para remover cicatrizes disformes, distróficas e com bordas irregulares. A cicatriz resultante da remoção é mais uniforme, com resultado estético melhor.

RESSURFACING COM LASER

Hoje, o tratamento a Laser para as cicatrizes de espinhas é um dos mais utilizados e com melhores resultados. Com o laser temos um melhor controle da profundidade e da área que queremos atingir e tratar. Assim, a profundidade do tecido a ser removido é controlada pelo computador, com parâmetros escolhidos pela experiência do médico. É indicado para cicatrizes deprimidas de bordas bem marcadas.

Os principais métodos utilizam o Laser Fracionado, que permite atingir mais profundamente, com menores riscos e em peles mais escuras também. Existem diversos lasers, mas os melhores resultados são atingidos com o Dual Deep – Laser de CO2 fracionado.

SUBCISÃO PARA CICATRIZES DE ACNE

Na subcisão utilizamos uma microlâmina, ou agulha, para elevar cicatrizes deprimidas.

A técnica consiste em liberar a pele da fibrose cicatricial que a puxa para baixo, como se fosse uma âncora.

Com o descolamento, há um pequeno hematoma devido ao trauma, que estimula a formação de tecido colágeno no local e ajuda a elevar as cicatrizes.

MICROAGULHAMENTO PROFUNDO PARA CICATRIZES DE ACNE – INDUÇÃO PERCUTÂNEA DE COLÁGENO (IPCA®)

O  tratamento é feito com um equipamento que possui agulhas muito finas, posicionadas de forma simétrica em fileiras e com profundidade adequada para atingir as cicatrizes. O roller é passado várias vezes nas áreas com cicatrizes, em várias direções e sentidos, produzindo inúmeras microperfurações na pele que estimulam a formação de novo colágeno. É necessária a anestesia prévia com anestésico injetáveis de forma tumescente.

Estamos reestruturando nosso site para te oferecer uma experiência ainda melhor!

Ok
X
Open chat
DRA. FABIANA DAMASCO
  • Graduação em Medicina pela Universidade de Brasília, UnB-DF – 2012
  • Residência Médica em Dermatologia Hospital Regional da Asa Norte. Brasilia-DF – 2016
  • Título de Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia e pela Associação Médica Brasileira – 2016
  • Especialização em Oncologia Cutânea pela Universidade de São Paulo (HCFM-USP) e Instituto do câncer do Estado de São Paulo (ICESP) - 2017
  • Research Fellowship pela Universidade de Pittsburgh. Pittsburgh, EUA - 2018
  • Clinical Fellowship pelo Melanoma Institute of Australia e Sydney Melanoma Diagnostic Centre. Sydney, Australia - 2020
  • Membro Efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD); da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD), da International Dermoscopy Society (IDS).
DRA. ANA REGINA FRANCHI TRÁVOLO
  • Título de Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia
  • Membro efetivo Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia - SBD
  • Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica - SBCD
  • Membro da Sociedade Brasileita de Laser em Medicina e Cirurgia
  • Membro da International Association of Aesthetic Medicide
  • Graduada em Medicina pela Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto - FAMERP
  • Residência Médica em Clínica Médica e Dermatologia pela Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto - FAMERP
  • Fellow em Dermatologia e Lase pelo Hospital Ramon Cajal - Espanha.
DR. LUCIANO FERREIRA MORGADO
  • Título de Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (Aprovação em 1º Lugar)
  • Membro efetivo Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia - SBD
  • Membro da Sociedade Brasileira de Cirgia Dermatológica - SBCD
  • Membro da Sociedade Brasileita de Lase em Medicina e Cirurgia
  • Membro da International Association of Aesthetic Medicide
  • Graduado em Medicina pela UNB - Universidade de Brasília.
  • Residência Médica em Clínica médica e dermatologia pela Universidade Federal de Goiás - UFG
  • Pos Graduação em Cirurgia Dermatológica, Laser e Dermatologia Estética pela FM-ABC São Paulo
  • Aperfeitoçoamento em Tricologia - C. DermaHair - SP
  • Mestre pela Universidade de Brasília - UnB
  • Fellow em Cirurgia Micrográfica de Mohs no Centro de Cirurgia Micrógrafica do Rio de Janeiro / Santa casa de Misericórdia - RJ
DRA. JÚLIA KIPPERT

- Título de especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia;

- Membro efetivo titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia - SBD;

- Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica – SBCD;

- Graduada em Medicina pela Universidade Federal de Rondônia – UNIR;

- Residência Médica em Dermatologia na Universidade Estadual de Londrina - UEL;

- Especialização em Cosmiatria Dra. Bruna Bravo no Rio de Janeiro;

- Fellow em Beleza Funcional;

- Pós-graduanda em tricoses e onicoses (cabelo e unha).

DRA. BRUNA CÔRTES

Graduação em Medicina na Universidade de Brasília.

Residência médica em Dermatologia no Hospital Universitário de Brasília.

Especialista em Radioeletrocirurgia e Indução percutânea de Colágeno com Agulhas.

Especialista em Dermatoscopia Avançada e Dermatopatologia.

DRA. TAINAH DE ALMEIDA

Graduação na Universidade Católica de Brasília (UCB), Brasília - DF

Residência Médica em Dermatologia no Hospital Regional da Asa norte (HRAN), Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal (SES-DF)

Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e Associação Médica Brasileira (AMB)

DRA. MARIANA QUEIROZ

Residência Médica em Clínica Médica pela Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo - SP

Especialização em Dermatologia pela Universidade Lusíada - Santos - SP ( Credenciada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia - SBD)

Membro Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia